ENVIE POR E-MAIL

Projeto Pérola traz para Tarumã o teatro "Vim ver Maria"

Ajax Loader

A mensagem foi enviada como sucesso.

Infelizmente não foi posssível enviar a mensagem.

Projeto Pérola traz para Tarumã o teatro "Vim ver Maria"

ImagensImagens Download
Imagem
Carregando...
Anterior
  • 0000003040.jpg
  • 0000003041.jpg
  • 0000003042.jpg
  • 0000003043.jpg
  • 0000003044.jpg
  • 0000003045.jpg
  • 0000003046.jpg
  • 0000003047.jpg
  • 0000003048.jpg
  • 0000003049.jpg
  • 0000003050.jpg
  • 0000003051.jpg
  • 0000003052.jpg
  • 0000003053.jpg
  • 0000003054.jpg
  • 0000003055.jpg
  • 0000003056.jpg
  • 0000003057.jpg
  • 0000003058.jpg
  • 0000003059.jpg
  • 0000003060.jpg
  • 0000003061.jpg
  • 0000003062.jpg
  • 0000003063.jpg
Próximo

Projeto Pérola traz para Tarumã o teatro "Vim ver Maria"

O Projeto Pérola foi criado, pela Secretaria Municipal da Saúde, com o objetivo de promover por intermédio de formação continuada, a organização e a sustentabilidade da atenção integral para as pessoas em situação ou risco de violência doméstica, bem como o apoio ao desenvolvimento de habilidades que tenham por fim garantir a prevenção e o atendimento na concepção da rede integrada. Articular e capacitar à rede de serviços já existente no Município de Tarumã, para atenção e proteção ás vítimas de violência doméstica, visando á diminuição de ocorrência de situações de violência.

Pensando nisso, os organizadores do Projeto, com o objetivo de alertar as crianças para reconhecerem e saberem como é possível agir em caso de violência, trouxeram para Tarumã na manhã do dia 11 de novembro a peça "Vim ver Maria" apresentada pelo grupo de Teatro SOARTE da cidade de Ourinhos.

"Vim ver Maria" mostra a convivência de uma família, em que Maria, filha mais nova, é vítima de abuso sexual dentro de casa, causado pelo tio que cuida da menina na ausência dos pais.

Dentro da narrativa, o grupo desenvolve algumas situações e sentimentos que a criança vive quando passa por essa situação, o medo e a vergonha, são fatores principais que impedem que a criança conte a alguém o que vem sofrendo. A peça se propõe a mostrar essa realidade á criança, numa linguagem própria, mas de maneira direta e com muito humor. Orientando cada uma sobre o perigo que pessoas estranhas e até mesmas conhecidas e próximas podem causar a elas.

Estiveram presentes no evento os alunos das escolas EM "José Ozório de Oliveira" ,EM "José Rodrigues dos Santos" , EM "Gilberto Lex", EM "Maria Antônia Benelli"EM "Hilda Holzhausem Moro" e Creche  São José I e São José II.

As atividades do Projeto Pérola continuam até dia 21 de novembro, onde acontecerá a Passeata pela Paz com saída em frente ao Polo Universidade Aberta ás 09h.

Mais informações no Telefone 3329 2145.

Assessoria de Comunicação PMT.